Artigos

App cria conexão direta entre escolas e pais de alunos

Appcriaconexaodiretaentreescolasepaisdealunos-20150927130321.jpg
 
26/09/2015 - Levar um filho à escola e esquecê-lo no banco de trás do carro; perder horas e dias em busca de material escolar; não encontrar o recado da professora para a compra de fraldas porque a agenda com anotações ficou esquecida na escola; descobrir que seu filho precisou ser levado ao médico porque a escola não conseguiu te achar no trabalho: todos esses problemas e muitos outros vão ficar para trás com a chegada ao mercado do Schoolastic-app, criado pela empresa brasileira Youmobi. O novo aplicativo, com versões para Android e iOS, vai promover uma revolução na forma como escolas e pais de alunos se comunicam, facilitando até mesmo a hora de ir buscar o filho na escola.

Segundo Luiz Fernando Orlandini, CEO da Youmobi, o aplicativo nasceu de sua própria experiência como pai de filhos entre 19 e 3 anos, que vivenciaram problemas semelhantes em escolas, mesmo com 16 anos separando o primeiro do último:

“Passados 16 anos, percebi que estou vivenciando os mesmos problemas de comunicação com a escola do meu filho mais novo que eu tive com a escola do meu filho mais velho. Senti que essa relação poderia ser trazida para a modernidade por meio de um aplicativo para smartphones que integrasse as escolas e os pais das crianças, mesmo que estes estejam separados”, explica Orlandini.

Schoolastic-app – O aplicativo estabelece uma conexão direta entre o professor, a escola e os pais dos alunos. Todas as informações do dia a dia da criança vão deixar o papel das agendas e migrar para o smartphone dos pais, que podem acompanhar detalhes como alimentação, banho, necessidades fisiológicas, sono e até incidentes ou sintomas como febres ou doenças repentinas. Um aspecto importante do Schoolastic-app é que se a criança não chega à escola no horário usual, mensagens de alerta são disparadas para os smartphones do pai e da mãe perguntando se a criança não irá mesmo à escola.

Esta solução eliminará de uma vez problemas como esquecimento de crianças em carros, um fenômeno inquietante e cada vez mais comum, que, via de regra, termina em tragédia.

Segundo Orlandini, o Scholastic-app está construindo uma rede de relacionamentos que vai oferecer aos pais das crianças uma série de facilidades como a possibilidade de comprar online suprimentos de higiene, como fraldas, por exemplo, mandando entregar diretamente na escola, a preços mais em conta. Além disso, o aplicativo vai propiciar acesso fácil a material escolar sem que os pais precisem fazer peregrinações a livrarias e lojas e material de escritório. Adicionalmente, o aplicativo vai dar aos pais acesso a profissionais especializados como psicólogos com clínicas perto da escola ou da residência das crianças:

“Aqui também pesou a minha experiência pessoal. Já perdi muitas horas e até dias atrás de coisas banais como um certo livro ou um tipo específico de caderno ou de tesoura. Com o Schoolastic-app, os pais das crianças vão receber as ofertas da lista de material completa em seus smartphones, com a possibilidade de compra e entrega diretamente em casa ou na escola, a custos mais em conta, uma vez que o aplicativo sempre promoverá compras no atacado”, explica Orlandini.

Outra solução que chega com o aplicativo é a possibilidade de pais e escolas poderem arquivar os dados dos alunos, seja do ponto de vista de desempenho escolar ou mesmo sobre contextos comportamentais e receber análises preliminares destes dados, apontando propensões e características principais de cada aluno, orientando os pais nos desejos de potencializar as características principais ou trabalhar em melhorias nas características menos expressivas. Hoje em dia, assinala Orlandini, não existe nenhum indicador objetivo da natureza das crianças e as informações, por falta de registro, se perdem a cada vez que o aluno troca de escola ou de professor:

“Com o Schoolastic-app, todas as informações captadas e gerenciadas sobre os alunos, que pertencem aos pais, poderão ser visualizadas por outras escolas participantes do sistema ou profissionais como psicólogos ou psicopedagogos, por exemplo, com o intuito sempre de beneficiar o aluno”, comenta Orlandini.

“Ainda nesta esteira de beneficiar o aluno, dezenas de oportunidades surgirão com o passar do tempo, até mesmo quem sabe, o intermédio de informações para captação de oportunidade de trabalho ou bolsas de estudos, no Brasil ou no exterior, baseado em desempenho escolar”, acrescenta. Um aspecto importante da gestão das informações na plataforma do aplicativo é a segurança dos dados das escolas e dos alunos. Com o suporte da IBM, o aplicativo tem padrões de segurança da informação muito superiores aos utilizados pela maioria das escolas no Brasil, onde já se verificaram casos de violação de sistemas.

(Redação - Agência IN)
Fonte: investimentosenoticias.com.br