Artigos

As palavras que empreendedores de verdade nunca dizem

Aspalavrasqueempreendedoresdeverdadenuncadizem-20151026114549.jpg

Em artigo, David Howitt explica que empreendedores de sucesso não usam as palavras "eu deveria", vão além dos limites para seguir sua vocação e seu coração.

Empreendedores são os heróis dos tempos atuais. Eles fazem do mundo um lugar melhor. Você acha essas afirmações um pouco ousadas? Pois são. Mas são também precisas. O computador que você está usando neste instante? Criado por um empreendedor. Os tênis que você veste antes de correr para ser saudável e dar o melhor de si durante o dia?  Desenhados e feitos por um empreendedor!

Praticamente todas as coisas que você utiliza para maximizar a eficiência e as experiências de seu dia são invenções geniais de empreendedores. Eles são considerados heróis dos tempos atuais porque vivem em função de seus anseios mais profundos: anseios para inventar, para revolucionar, para criar e para construir produtos que nos ajudam a conectar, a mover, a comer, a compartilhar, a dirigir, a trabalhar, a jogar e a resolver grandes problemas.

Eles fazem do mundo um lugar melhor por meio da construção de soluções e de serviços que enriquecem nossas vidas e as fazem mais excitantes, significativas, fáceis e confortáveis. Eles são os criadores das invenções não porque sentem que deveriam ser assim, mas porque eles devem ser assim.

Empreendedores não sabem como desligar seu gene da inovação. Eles não conseguem deixar de descobrir o que ainda não foi descoberto, de construir produtos a partir do mais puro desejo, e de acender suas chamas de engenhosidade. Eles são os solucionadores de problemas, os pensadores, os pioneiros, e é sua disposição para deixar a zona de conforto de uma vida centrada no “deveria” que os fazem heróis.

Em nossas experiências contemporâneas de vida, o “deveria” soa como: “Eu deveria fazer esse trabalho porque foi isso que meu pai fez. Eu deveria estudar naquela escola tradicional porque é isso que meus pais esperam de mim. Se eu não fizer isso, eu os desapontarei. Eu deveria estar ganhando determinada quantia de dinheiro, porque se não o fizer, outras pessoas não vão acreditar que sou bem-sucedido. Eu deveria comprar aquela casa, fazer aquela viagem e dirigir aquele carro, para que assim meus amigos e minha família se impressionem comigo”.

Esse “deveria” consiste em um conjunto de mentiras. Empreendedores sabem disso. Os dias de uma vida centrada no “deveria” acabaram. Eles servem apenas para nos trazer sofrimento (coletivo e individual), assim como diminuir o que é possível para todos nós atingirmos.

Goste ou não, quando começarmos a viver do que carregamos por dentro, e não de nossas aparências, essa será a única maneira de fazer nossa parte para tornar o mundo um lugar melhor.

É preciso seguir a intuição (!?)

Veja mais em:

Fonte: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/As-palavras-que-empreendedores-de-verdade-nunca-dizem

Autoria: David Howitt é CEO e co-fundador do Meriwether Group.

Conteúdo originalmente publicado em inglês no Unreasonable Institute e em português no Portal de Empreendedorismo da Endeavor.

Imagem: Google.