Artigos

Educação a distância otimiza ações de desenvolvimento de pessoas

Educacaoadistanciaotimizaacoesdedesenvolvimentodepessoas-20150830111950.jpg
 
 
28/08/2015 - Conteúdo Patrocinado
Senac

Não é novidade que a atualização e qualificação constantes dos profissionais são os requisitos obrigatórios num mercado cada vez mais competitivo. Para suprir essa demanda no ambiente corporativo, novas tendências em educação a distância (EAD) surgem como opção para as empresas que buscam a reciclagem permanente de seus colaboradores. Com o apoio da interatividade de plataformas digitais integradas, a flexibilidade de horário e o baixo custo, essa modalidade de aprendizagem tem se fortalecido nos processos de capacitação ofertados pelas áreas de educação corporativa das empresas.

A educação a distância está em contínua ascensão dentro das empresas. No Brasil, quase um terço das empresas (31%) já utiliza a modalidade para treinar seus profissionais, segundo a pesquisa TIC Domicílios e Empresas 2013, realizada pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil. Pesquisa de 2013 da consultoria Deloitte aponta que há uma forte tendência de crescimento para cursos de EAD nos próximos anos: dos investimentos feitos em treinamento pelas empresas consultadas, 33% foram destinados à educação a distância.

Benefícios

De acordo com Maíra Latorre Lopez, especialista em educação a distância do Atendimento Corporativo do Senac São Paulo, essa modalidade de ensino traz uma série de vantagens às empresas. “Além de reduzir o tempo do funcionário fora do seu ambiente de trabalho e os custos operacionais e logísticos dos treinamentos, ela acelera o aperfeiçoamento das equipes, colabora com o aumento da produtividade e contribui com a disseminação da missão, dos valores e dos princípios organizacionais”, explica. Entre os modelos e recursos considerados tendências e que proporcionam, atualmente, maior adesão e engajamento dos participantes estão os treinamentos blended (misto de presencial e a distância) e e-learnings em formato responsivo que utilizam videoaulas interativas, infográficos e games. “Os conteúdos estão ficando cada vez mais curtos e objetivos, priorizando o desenvolvimento de competências específicas para as necessidades do negócio”, complementa.

O Hospital Sírio-Libanês (HSL), de São Paulo, é uma das instituições que mais utilizam essa modalidade de ensino em sua área. Atualmente, o hospital possui 19 programas de educação a distância em andamento. A opção por essa forma de aprendizado foi motivada pela possibilidade de capacitar mais profissionais e proporcionar flexibilidade na realização dos cursos, dando aos participantes a opção de escolher dia e horário mais apropriados.

Entre 2011 e 2012, o Senac desenvolveu uma série de cursos a distância de reciclagem sobre importantes protocolos adotados pelo HSL. Os cursos impulsionaram a implementação do ensino a distância na instituição. Até o final de 2014, 5 412 colaboradores do hospital foram capacitados pelos cursos desenvolvidos em parceria com o Senac. Isso representa 95% dos profissionais da instituição, segundo Sabrina Nagata, especialista em gestão de pessoas da equipe de desenvolvimento organizacional do hospital.

Etapas essenciais para a implementação de programas a distância

Buscando atender de forma assertiva e customizada as demandas das empresas em projetos de educação a distância, o Atendimento Corporativo do Senac São Paulo adota um processo que prevê quatro etapas essenciais de implementação:

1) Diagnóstico_ Apura motivos e necessidades para solicitar uma solução EAD, assim como determina como o programa vai impactar nos resultados da empresa.

2) Análise do público-alvo_ Conhece e estabelece o perfil dos profissionais que participarão do programa de treinamento.

3) Estratégias de aprendizagem_ Define abordagens, recursos e tecnologias que aceleram a transferência do aprendizado e a aplicação no trabalho.

4) Estratégia de execução_ Estabelece qual período mais adequado, tipos e número de ações que devem ser feitas para atingir o desempenho esperado.
Fonte: EXAME.com