Artigos

Educação: a única saída para que uma nação prospere 

Educacao-a-unica-saida-para-que-uma-nacao-prospere-20160825121327.jpg
 

23/08/2016 - Em 1964, o PIB per capita – que é o produto interno bruto dividido pela quantidade de habitantes – do Brasil e da Coreia do Sul eram praticamente iguais. Assim, eram classificados como dois países considerados pobres. Porém, em 2014, o PIB per capita da Coreia do Sul atingiu o valor 25.977 dólares – o que correspondeu a quase duas vezes e meia maior que a do Brasil. Por que isso ocorreu? Você entenderá lendo este artigo

Roberto Morais,

A educação é um fator determinante no desenvolvimento de qualquer nação. É a principal ferramenta para capacitar e qualificar o capital humano, cada vez mais necessário, no atual mundo globalizado e com um enorme avanço tecnológico. Sem qualificação é, praticamente, impossível uma nação se manter e competir na era do conhecimento. 

Onde o mercado de trabalho se mostra cada vez mais exigente e a busca por uma colocação profissional não é mais uma questão de empenhoou de sorte, mas, sim de qualificação.

Certamente, a educação é uma questão fundamental – um divisor de águas – entre as nações que se enriquecem e as que ficam estagnadas ou custam a se desenvolverem.

Por exemplo, em 1964, o PIB per capita – que é o produto interno bruto dividido pela quantidade de habitantes – do Brasil era de 208 dólares e da Coreia do Sul era de 156 dólares.

Assim, essa renda média per capita, de ambas as economias, eram praticamente iguais e que as classificavam como dois países considerados pobres. Porém, em 2014, o PIB per capita do Brasil passou para 11.208 dólares e o da Coreia do Sul atingiu o valor 25.977 dólares – o que corresponde a quase duas vezes e meia maior que a do Brasil –.

Por que isso ocorreu? Porque na década de 60, tanto a economia brasileira quanto a coreana eram baseadas na exportação de commodities – produtos de baixo valor agregado. Mas, hoje, 70% das exportações coreanas são de produtos manufaturados de média e alta tecnologia, o que consagrou marcas como: Daewoo, Hyundai, Kia Motors, LG, Samsung e outras.

E como a Coreia do Sul conseguiu produzir produtos de alta tecnologia? Sem dúvida, que uma das principais razões por trás do sucesso desse país foi a sua obsessão por grandes investimentos em educação. E, hoje, ela está, juntamente com a Finlândia, Japão e Suécia, entre os países que lideram o ranking que mais investem em educação no mundo.

Por outro lado, no Brasil a educação tem que avançar muito; só a título de comparação no Brasil são formados na ordem de 40.000 engenheiros por ano e na Coreia do Sul em torno de 147.858. Veja que enorme diferencial a Coreia do Sul possui, uma vez que são esses profissionais que irão gerar inovações e novas tecnologias aos seus países, por isso que o Brasil no ranking global de inovação se encontra na 70º lugar.

Se verificarmos o ranking das 100 melhores universidades do mundo se constata que não existe nenhuma brasileira. Mas, isso não significa que o Brasil não tenha instituições de ensino de altíssimo nível, tanto no ensino superior, quanto no ensino médio e fundamental.

No ensino superior posso citar: IME, ITA, USP, UNICAMP e outras. Já no ensino médio e fundamental os colégios que se destacam são os Colégios Militares.

Uma vez que o Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), que organiza a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), por meio de seus representantes, afirmou que um modelo de ensino que vem dando certo no país é o dos Colégios Militares em todo o Brasil, de onde já saíram 92 medalhistas de ouro na competição. 

Portanto, do ponto de vista do marketing, que tem como escopo as necessidades e os desejos das pessoas, se faz necessário que a educação no Brasil, que é um direito garantido a todos os cidadãos, seja de qualidade. Mas, para que isso ocorra é necessário que o ambiente escolar, as instalações, diretores, professores e funcionários, também, sejam de qualidade. 

Em um projeto com a minha esposa, professora de matemática, com mais de 16 anos de experiência com alunos dos Colégios Militares disponibilizei uma apostila para concurso de admissão ao 6º ano dos Colégios Militares que pode ser acessada no seguinte link: clique aqui.

Fonte: administradores.com.br

Fonte secundária: Portal www.cmconsultoria.com.br