Artigos

Educação domiciliar requer disposição emocional e intelectual

Educacaodomiciliarrequerdisposicaoemocionaleintelectual-20160315090943.jpg

14/03/2016 - Mãe adepta da modalidade de educação fala sobre sua experiência ao Tarde Nacional

O Tarde Nacional de sexta-feira (11) continuou falando deeducação domiciliar. A entrevistada foi a fotógrafa e autora do blog “Casei e Comprei uma Bicicleta”, Verônica Lacerda Arao. Mãe de duas meninas, Verônica dividiu com os ouvintes sua experiência pessoal no chamadoHomeschooling.

Ela contou que optou pela educação domiciliar para a filha mais velha quando a família resolveu passar um ano e meio sem morada fixa, na Europa. E nesse percurso ela foi compreendendo que não era ela quem ensinava a filha, mas que o aprendizado havia se tornado um processo familiar.

Verônica explicou que os pais não precisam aprender ou lembrar de tudo antes de ensinar. O importante é ter disposição para aprender, pesquisar e descobrir juntos. Todo o processo é compartilhado. Mas ela reforçou a importância de contar com uma rede de apoio, de outras pessoas fora do núcleo familiar que possam servir de referência para a criança.

Verônica, que hoje vive na Espanha, deu entrevista ao programa direto da Global Home Education Conference 2016, que reúne representantes de mais de vinte países no Rio de Janeiro até o dia 12 de março.

Ouça a íntegra da entrevista clicando no player acima.

O programa Tarde Nacional vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 16h, na Rádio Nacional da Amazônia. A apresentação é de Juliana Maya.

Produtor
Roberta Timponi e Juliana Maya

Fonte: radios.ebc.com.br

Notícia publicada, também, no Portal www.cmconsultoria.com.br