Artigos

Empresa de TI migra infraestrutura de back office para a nuvem

EmpresadeTImigrainfraestruturadebackofficeparaanuvem-20160515113249.jpg

Publicado originalmente em 19/04/2016 às 12:04
Cloud Computing

Ana Paula Lobo*

 


Desenvolvedora de soluções de gestão eletrônica de documentos, customização e desenvolvimento de Software, a Comp Line Informática, que atende a Caixa Seguradora, uma
das maiores empresas de seguros do Brasil, decidiu ir para a nuvem e escolheu o Microsoft Azure como plataforma. O projeto de implantação ficou com a Brasoftware.
A ideia de ir para a nuvem surgiu após a decisão de centralizar as operações em Brasília, sede da companhia, toda a operação de backoffice, antes espalhada pelo país. A empresa de TI, que
possui cerca de 500 usuários, já contava com a tecnologia Microsoft e resolveu utilizar outros recursos deste mesmo fabricante. Também havia o desejo de contar com alta disponibilidade das
aplicações.


Esse processo demanda muito consumo de banco de dados, por se tratar de solução de Gestão Eletrônica de Documentos que atende o Brasil inteiro. Era preciso ter clareza sobre o local que o
documento deveria ser processado e quem era o responsável pelo seu armazenamento. Anteriormente havia perdas no processo, que impactavam no tempo de recuperação de
documentos, resultando muitas vezes em prejuízos. Para a Comp Line, não basta apenas digitalizar um documento. O arquivo é rico em informação, e podemos retornar para os clientes
como oportunidades de negócios
”, declarou Luiz Gonzaga Filho, CTO da Comp Line.

A Comp Line recebe da Caixa Seguradora cerca de 20 mil novos documentos por dia, que precisam ser recolhidos, organizados, classificados, conferidos, digitalizados, indexados e
armazenados com total segurança e confiabilidade, atendendo todos os prazos e exigências legais. Para seguir a esses requisitos, a companhia desenvolveu a solução Comp Live Prover em
módulos que atendem às principais demandas de processamento documental da indústria. 

Manter os custos operacionais dentro de um limite e ao mesmo tempo atender esse volume de transações sem nenhuma margem de erro exige tecnologias inovadoras, como as ferramentas
Microsoft contempladas nesse projeto. Um dos pilares da Comp Line é justamente a inovação
”, completou Gonzaga Filho.

A decisão de ir para a nuvem foi um dos grandes diferenciais do projeto, permitindo montar o ambiente de servidores em pouco tempo, dentro do orçamento e com alta disponibilidade.

Manter um datacenter local (onpremises) era inviável. Não apenas pelo alto custo de hardware, licenciamento, serviços e refrigeração, manutenção e depreciação dos equipamentos,
mas também porque não era possível sabermos o volume de negócios e quanto cresceria nos primeiros meses. Dessa forma ficava ainda mais difícil calcular o investimento em um
datacenter local
”, explicou Gustavo de Paula, Gerente Regional da Brasoftware.

As inovações viabilizaram o projeto diminuindo o custo operacional e logístico e, ainda, reduzindo o tempo de recuperação de documentos digitais para zero. As soluções Microsoft ajudaram a Comp Line a aumentar sua competitiva em relação aos concorrentes. Por meio de suas soluções de produtividade (Office 365 e Sharepoint) e da sua plataforma de desenvolvimento (.NET, Visual Studio, Team Foundation Server Online) e dos seus dispositivos Windows Phone, foi possível aumentar a produtividade da linha de produção, aprimorando os serviços.
A plataforma de dados Microsoft (SQL Server) e suas funcionalidades de relatório (Datazen, Reporting Services) possibilitaram que a Comp Line oferecesse um diferencial competitivo por meio de um inédito serviço de Business Intelligence. O que viabiliza que todos esses serviços sejam entregues dentro de um orçamento racional é a computação em nuvem (Azure), que permite o pagamento apenas pela capacidade computacional utilizada – ou seja, também alinhado com as receitas da Comp Line, aliando elasticidade e alta disponibilidade.

A Comp Line é um dos maiores clientes de Azure na região Centrooeste, consumindo praticamente todas as ferramentas do portfólio Microsoft. Conseguimos, em conjunto com o cliente e com a fornecedora, fazer esse projeto com foco no gerenciamento de todo o parque, tanto de dispositivos móveis quanto de datacenter, que hoje permite ao cliente ter melhor visão do ambiente e quanto isso gera de custos para o negócio”, declarou Teofilo da Silva Machado, Gerente de Atendimento da Brasoftware.

*Com informações da Brasoftware

Fonte: http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=42194&sid=97&tpl=printerview

Figura: Google