Artigos

Microsoft simplifica a Internet das Coisas com novo projeto OpenT2T

MicrosoftsimplificaaInternetdasCoisascomnovoprojetoOpenT2T-20160408130606.jpg

Atualmente a Internet das Coisas (IoT) é amplamente explorada por diversos fabricantes, seja para luzes inteligentes ou diversas outras aplicações; a Samsung, inclusive, divulgou estar desenvolvendo um sistema operacional de código aberto para estimular o desenvolvimento ao redor desses tipos de produtos.

A Microsoft, que já previu a disponibilidade de cerca de 25 bilhões de dispositivos IoT até o ano de 2020, acaba de dar um grande passo na simplificação da forma como os desenvolvedores interagem com essa plataforma, através do lançamento de um projeto de código aberto chamado Open Translator to Things (OpenT2T) no GitHub.

O OpenT2T funcionaria como uma espécie de “tradutor” de programação, fazendo com que em vez de escrever diversos códigos com APIs diversificadas, o desenvolvedor só necessite escrever um único, que funcionaria de forma universal para dispositivos similares, desconsiderando marcas, e priorizando funcionalidades comuns entre eles.

O código poderá ser executado tanto através de PCs, Tablets ou smartphone, para ativar dispositivos nas proximidades, quanto através de IoTs conectadas na nuvem com possibilidade de ativação remota. Quem estiver interessado em se aprofundar mais sobre o assunto, vídeos de introdução, primeiro passos na codificação, tutoriais e respostas a diversas perguntas já estão disponíveis (em inglês):

 

Ver mais em https://channel9.msdn.com/series/opent2t/Getting-Started-with-Open-Translators-to-Things

Figura: Google