Artigos

Opinião: Falta de crédito derruba economia

OpiniaoFaltadecreditoderrubaeconomia-20150801120351.jpg

 
 
31/07/2015 - Rosana Hessel

Apesar de a economia brasileira estar em plena recessão, podendo encolher mais de 2% neste ano, o país poderá enfrentar uma nova crise: a de crédito. Para o economista-chefe de mercados emergentes da consultoria britância Capital Economics, Neil Shearing, a desaceleração no segmento só começou.

O especialista acredita que o estresse no mercado financeiro será inevitável e as operações de liquidação duvidosa poderão aumentar drasticamente. No entender de Shearing, “o ar da bolha de crédito está se esvaziando” e isso está ajudando a derrubar o crescimento do Brasil. Em boa parte, essa desaceleração ocorre porque os juros não param de subir, elevando o custo dos empréstimos, e porque os bancos andam mais cautelosos e limitam a oferta de financiamento tanto para a pessoa física quanto para a pessoa jurídica.

O ritmo de expansão dos empréstimos caiu de um pico de 26,9% ao ano para apenas 7,6% em maio deste ano. E, como a inflação acumulada em 12 meses está acima de 9%, crédito na verdade encolheu em termos reais. Segundo Shearing, o colapso nos financiamentos para a compra de veículos explica o péssimo desempenho do setor automotivo. No entanto, o mesmo enfraquecimento ainda não ocorreu no setor imobiliário. “Considerando que os orçamentos familiares estão sobrecarregados, suspeitamos que isso é apenas uma questão de tempo”, avisou.
Fonte: Correio Braziliense / DF