Artigos

que os jovens mais amam e mais odeiam nos programas de trainee

queosjovensmaisamamemaisodeiamnosprogramasdetrainee-20150802125639.jpg
 
 
01/08/2015 - Se você imagina que o salário é o principal atrativo para os jovens profissionais em início de carreira, está completamente enganado. Um bom ambiente de trabalho, ascensão na carreira e oportunidade de aprendizado são os três aspectos mais elogiados pelos jovens profissionais nos programas das grandes empresas.

Essa realidade é apontada por um levantamento da Love Mondays, uma comunidade de carreiras. A pesquisa cruzou as informações das principais razões de satisfação e insatisfação apontadas pelos jovens que participam ou já participaram de programas de trainee. “O nosso objetivo é dar ao jovem profissional uma visão completa do que ele pode esperar na empresa em que pretende iniciar sua carreira”, explica Luciana Caletti, CEO da Love Mondays.

O ponto que mais trouxe satisfação aos trainees foi o bom ambiente de trabalho. A explicação está na influência da boa convivência com outros profissionais na produtividade e no comportamento desses jovens. “O jovem profissional é muito influenciado pelo ambiente onde inicia sua carreira. A boa notícia é que criar um ambiente de trabalho agradável geralmente está muito mais ao alcance do gestor de Recursos Humanos do que, por exemplo, incrementar a política de remuneração das empresas, especialmente em períodos de retração econômica”, comenta a CEO.

Na sequência, a possibilidade de progressão na carreira e as oportunidades de aprendizado aparecem como os fatores que mais trazem satisfação aos participantes de programas de trainee. “Muitas empresas consideram os trainees seus futuros líderes. Diante dessa realidade, cabe ao gestor de RH investir na criação de oportunidades de aprendizado durante e após o programa, assim como, oferecer possibilidade de progressão na carreira para os novos talentos. Estas promessas de aprendizado acelerado e ascensão profissional são itens extremamente atrativos aos profissionais que buscam tais programas”, diz Caletti.

Os 3 fatores mais elogiados pelos trainees sobre as empresas onde trabalham:

1. Bons ambiente de trabalho

2. Progressão na carreira

3. Aprendizado

Quando analisados os depoimentos dos trainees que estão neutros ou insatisfeitos com o programa do qual participam, nota-se que o ponto que mais causa insatisfação é o baixo salário.

O trainee, apesar de ser visto pela empresa como um profissional de alto potencial, ocupa um cargo de entrada, então é natural que o salário às vezes decepcione os jovens mais ambiciosos que se candidatam aos programas. “Os programas de trainee variam muito conforme a área de atuação profissional e o segmento da empresa, mas mesmo assim cabe ao gestor de RH promover salários e benefícios que estejam em linha com o que o mercado pratica”, afirma.

A falta de um plano de carreira estruturado e de reconhecimento profissional são, respectivamente, o segundo e terceiro fator de insatisfação nos trainees. “Muitas vezes o programa de trainees é vendido ao jovem como uma possibilidade de ele se tornar um futuro líder na empresa. Neste caso, é importante que, ao término do programa, a empresa apresente um plano de carreira atraente ao profissional. Caso contrário, ela corre o risco de que este profissional acabe buscando oportunidades de crescimento no mercado”, comenta Caletti.

Os 3 fatores mais criticados pelos trainees nas empresas onde trabalham:

1. Salário baixo

2. Falta de plano de carreira estruturado

3. Falta de reconhecimento

Confira algumas empresas que estão com programas de trainee em aberto e o que seus funcionários contam no Love Mondays:

Ambev – avaliada por 914 funcionários no Love Mondays

A cultura informal e pouco hierárquica são pontos frequentemente mencionados pelos funcionários da Ambev. As avaliações dos funcionários sobre a empresa também mostram que o foco em metas e a possibilidade de rápida progressão na carreira são aspectos bastante atrativos na empresa.

DHL Supply Chain – avaliada por 262 funcionários e ex-funcionários no Love Mondays

A cultura empresarial da DHL é o aspecto mais bem avaliado pelos seus funcionários. Ainda, eles mencionam que a possibilidade de progressão de carreira, os benefícios corporativos e o ambiente de trabalho são os principais pontos que trazem satisfação na empresa.

Bosch – avaliada por 197 funcionários e ex-funcionários no Love Mondays

86% dos funcionários da Bosch recomendam a uma empresa como um bom local para se trabalhar, elogiando principalmente o pacote de remuneração e benefícios, o bom ambiente profissional e as oportunidades de aprendizado oferecidas pela empresa.

JBS – avaliada por 330 funcionários e ex-funcionários no Love Mondays

A possibilidade de progressão na carreira e o reconhecimento profissional são fatores frequentemente mencionados pelos funcionários da JBS no Love Mondays. A remuneração competitiva também aparece como um fator de satisfação mencionado pelos funcionários.

Embraer – avaliada por 182 funcionários e ex-funcionários no Love Mondays

Os funcionários da Embraer admiram o produto e tecnologia da empresa brasileira, que compete com grandes multinacionais. 85% dos funcionários recomendam a empresa e sentem que possuem qualidade de vida, além de plano de carreira e um excelente pacote de benefícios.

Deloitte – avaliada por 232 funcionários e ex-funcionários no Love Mondays

A Deloitte é uma das quatro maiores empresas de auditoria do mundo e o aspecto que mais se destaca nas avaliações dos funcionários e ex-funcionários são as possibilidades de progressão na carreira. Além disso, as oportunidades de aprendizado que a empresa oferece e o bom ambiente de trabalho são fatores bastante mencionados pela equipe da empresa.
Fonte: Canal Executivo