Sala de aula invertida

Benefícios e recursos para implementação no EAD - Por NoChalks

O avanço tecnológico provocou a mudança de hábitos em diversas áreas, inclusive na educação. No âmbito escolar, conceitos e metodologias de ensino precisaram ser reavaliados e modificados para se adequar a essa nova realidade.

Em um mundo moderno como o atual, para conseguir um bom engajamento dos alunos é preciso inovar e inserir, no plano de ensino, tecnologias educacionais para ministrar o conteúdo proposto. É justamente nesse ponto que a sala de aula invertida entra.

Depois de anos no método tradicional de ensino, parece quase impossível imaginar uma mudança na relação e na troca de papéis entre aluno e professor. Porém, essa mudança já está acontecendo e tem beneficiado tanto o profissional quanto o estudante, como mostraremos neste artigo.

Você também verá as principais vantagens da sala de aula invertida, os recursos para implementá-la no ensino a distância e como fazer isso de forma eficiente.

O que é e como funciona a sala de aula invertida

Primeiramente, é preciso saber do que se trata esse método, que é considerado uma das maiores inovações no processo de aprendizagem.

Sala de aula invertida, ou flipped classroom, como o próprio nome sugere, é um método de ensino que inverte o modelo tradicional que já estamos acostumados. A ideia é fazer com que o conteúdo aplicado em sala seja estudado em casa pelo aluno antes da aula.

Nessa proposta de ensino a distância, o professor disponibiliza o material que será dado na próxima aula em uma plataforma para que o aluno o acesse previamente. O que é o oposto do ensino tradicional, no qual o primeiro contato com o conteúdo é em sala, com o professor. Além disso, os conteúdos podem ser disponibilizados em forma de textos, áudios, vídeos e infográficos.

Com esse método, o aluno é colocado no centro e passa a ser o protagonista do seu próprio processo de aprendizagem. Enquanto o professor, que anteriormente era o responsável por repassar todo o conhecimento ao aluno, se torna o seu instrutor. A sua função, agora, é auxiliá-lo em eventuais dúvidas e na resolução de algumas questões que surgirão ao longo do processo de aprendizagem.

Benefícios da sala de aula invertida

Como foi possível perceber, esse método gera benefícios a todos os indivíduos envolvidos em sua aplicação. A seguir, mostraremos quais são as vantagens que fazem com que a aula invertida seja a melhor alternativa para diversas instituições de ensino.

Otimização do tempo

Um dos benefícios de adotar essa metodologia ativa é o aproveitamento do tempo. Como os alunos já têm um conhecimento prévio do assunto que será trabalhado pelo tutor, não é necessário que ele se detenha muito à sua explicação.

Com a sala de aula invertida, ele pode usar o tempo para aprofundar em outros conteúdos e desenvolver outros assuntos importantes. Além de promover uma aprendizagem mais dinâmica e fazer com que a aula renda mais.

Transforma o aluno em protagonista

Para o estudante, essa talvez seja a vantagem mais atrativa. Nesse método de ensino, ele passa a ser o protagonista do seu próprio aprendizado. O que é ótimo, pois a autonomia que o aluno desenvolve ao estudar sozinho pode ser aplicada em outras áreas da sua vida.

Além disso, a sala invertida permite que ele aprenda os conteúdos no seu tempo e no seu ritmo. Desta forma, ele pode estudar da maneira que mais se adequa ao seu tipo de aprendizado, sem precisar se apressar para acompanhar outros colegas de turma.

Alunos mais participativos

Para o professor essa é uma grande vantagem, afinal, não há nada mais frustrante do que dar aulas em que não há a participação ativa dos alunos. Porém, com a possibilidade de ver os conteúdos antes do encontro com o professor, os estudantes se sentem mais preparados para participar dos debates levantados em sala de aula. O medo de provocar reflexões equivocadas, nesse caso, diminui muito.

Melhor desempenho no processo de aprendizagem

A melhora no desempenho do aluno é resultado da soma de todas as vantagens. Ao se tornar protagonista do próprio aprendizado, ter seu ritmo respeitado e aproveitar as aulas para tirar suas dúvidas, o aluno pode render e aprender mais. E, como consequência, terá um aproveitamento maior na sua busca pelo conhecimento.

Recursos para implementar a sala de aula invertida no EAD

Um dos grandes diferenciais da sala de aula invertida é que ela permite que os professores usem recursos variados para cumprir com o seu plano de ensino. Recursos esses que antes não eram empregados no modelo de ensino tradicional.

Para quem busca promover o conhecimento em um ambiente virtual de aprendizagem, como uma plataforma EAD, existem alguns que podem ser explorados antes e durante a aula.

Pré-aula

Videoaulas

Pode-se dizer que esse é o recurso mais usado pelos professores que já adotaram a metodologia de sala de aula invertida. Além de ser muito utilizado no ensino a distância.

Os instrutores podem gravar videoaulas explicando para os alunos os conceitos que serão vistos na aula seguinte e, em seguida, subi-los para a Nochalks. Outra possibilidade é gravar vídeos de revisão dos conteúdos dados até o momento. Desta forma, o estudante poderá assisti-lo sempre que surgir alguma dúvida ou quando tiver alguma avaliação marcada.

Textos

Conteúdos em textos também são ótimos recursos para serem explorados na sala de aula invertida. O professor pode selecionar textos que abordem o conteúdo que será ministrado e disponibilizá-lo para os alunos na Nochalks por meio da ferramenta “Envio de arquivos”.

Essa, inclusive, é uma estratégia muito usada pelos professores universitários no ensino a distância.

No caso da sala de aula invertida, o professor pode recomendar a leitura de autores que dialoguem com o conteúdo visto nas disciplinas. Mas, além disso, pode indicar sites confiáveis e mecanismos de busca próprios para pesquisas acadêmicas e estudos, como o Scielo e o Google Acadêmico.

Durante a aula

Discussões ao vivo

Agora é a hora do aluno colocar tudo que aprendeu com os estudos em casa, em prática.

Para isso, o professor pode usar o recurso de “Fórum de debate” na plataforma EAD e, por lá, promover uma discussão sobre o conteúdo passado anteriormente aos estudantes.

Esse recurso permite que o instrutor interaja em tempo real com a turma e, por isso, é ideal para promover debates instigantes e mais complexos. Os alunos também podem aproveitar essa interação direta com o professor para tirar suas dúvidas sobre o conteúdo que está sendo trabalhado.

Realização de atividades

Outro recurso que pode ser utilizado na aplicação da sala de aula invertida é o de “Aulas ao vivo”, da Nochalks. O professor tem a possibilidade de usá-lo para dar explicações aos alunos sobre o conteúdo que eles estudaram em casa e sugerir atividades simultâneas.

Os estudantes podem, por exemplo, produzir textos durante a aula, e em seguida, apresentá-los ao instrutor. Atividades mais demoradas não são indicadas para aulas nesse formato, mas, se forem mais simples, podem ser facilmente realizadas.

Como aplicar a sala de aula invertida no EAD

Depois de conhecer todas as vantagens que a metodologia de sala de aula invertida proporciona, você deve estar se perguntando se o processo de aplicação em uma escola ou curso on-line é complexo. De fato, não é muito simples.

Além de muito planejamento, é preciso treinar os professores e alunos e, o mais importante, encontrar uma plataforma EAD com os recursos necessários para esse novo método de ensino.

Treine os professores e alunos

Por muito tempo, os professores foram os principais responsáveis pelo processo de aprendizagem dos alunos. Porém, ao adotar a sala de aula invertida, há uma troca de papéis entre eles, de maneira que o estudante passa a ser o protagonista da sua própria jornada escolar/acadêmica.

Exatamente por essas mudanças é que eles precisam ser treinados para o novo modelo descentralizado de ensino. É fundamental que eles entendam como funciona essa metodologia e também saibam como usar a plataforma EAD. Para isso, as instituições de ensino podem promover treinamentos regulares para que a adaptação aconteça de forma mais rápida e fácil.

Simplifique o método de ensino

Na hora de preparar os materiais que os alunos acessarão em casa, lembre-se de não complicá-los. É preciso pensar que eles terão que absorver, no primeiro momento, os conteúdos sozinhos, o que aumenta as chances de dúvidas.

Opte também por recursos mais simples e convencionais. Para evitar problemas, use os que já estão disponíveis na plataforma de ensino a distância. Além de ser mais prático, são mais confiáveis.

Escolha uma plataforma EAD

Por último, mas não menos importante, escolha uma plataforma EAD para dar suas aulas.

Lembre-se de que ela precisa ser completa e conter todas as ferramentas e recursos necessários para a aplicação da sala de aula invertida.

Se é o que você está procurando, nós te indicamos a Nochalks. Além de ter quatro níveis de segurança para garantir que os conteúdos e os dados pessoais dos alunos e da instituição estejam seguros, ela possibilita a inserção de materiais em vídeo, áudio, texto e muitos outros.

Desta forma, o professor consegue aplicar a metodologia de forma eficiente e os estudantes são beneficiados com o seu poder de autonomia e o desenvolvimento de outras habilidades.