MEC abre processo seletivo para apoiadores na supervisão acadêmica do Projeto Mais Médicos para o Brasil

O eixo de supervisão acadêmica é responsável pelo fortalecimento da política de educação permanente | Por gov.br

BLOG

O Governo Federal abriu, por meio da Secretaria de Educação Superior (Sesu) do Ministério da Educação (MEC), um processo seletivo para apoiadores na supervisão acadêmica do Projeto Mais Médicos para o Brasil (PMMB). Serão disponibilizadas pelo MEC, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), 27 vagas imediatas para bolsistas de extensão e formação de cadastro reserva, que atuarão nos 26 estados e no Distrito Federal.

A supervisão acadêmica é um eixo educacional do PMMB, que é responsável por fortalecer a política de educação permanente por meio da integração ensino-serviço no componente assistencial da formação dos médicos participantes do Projeto. O principal objetivo da supervisão acadêmica é qualificar a vivência dos médicos, ofertando suporte para o fortalecimento de competências necessárias para o desenvolvimento das ações de atenção básica.

Nesse sentido, é notável a importância dos Apoiadores Institucionais do MEC (AIMEC), já que cabe a eles a função de dar suporte aos tutores e supervisores da supervisão acadêmica, além de auxiliar a Coordenação-Geral de Expansão e Gestão da Educação em Saúde (CGEGES) e a Diretoria de Desenvolvimento da Educação em Saúde (DDES) no planejamento, monitoramento e na articulação, juntamente com os demais atores do projeto.

Os candidatos terão até o dia 14 de setembro para realizarem a inscrição. O processo também é aberto para Pessoas com Deficiência (PcD). Para mais informações, acesse: https://www.fiotec.fiocruz.br/vagas-projetos/processo-de-selecao/7609-bolsistas-extensao-mais-medicos-31-8-2021.

Assessoria de Comunicação Social do MEC com informações da Sesu